Burburinho

  • Compartilhe:
Burburinho 31 / 07 / 2015| Isabela Fraga

Circuito de palestras e consultorias capacitam para realização de projetos culturais

Ao longo de agosto, ciclo de palestras circulará pela cidade com o objetivo de capacitar vencedores do Prêmio de Ações Locais, que contemplou projetos culturais em periferias e comunidades. Entre os temas dos encontros, tecnologia, realização de projetos e colaborativismo.

Foto: atividade do Movimento Preserva Laboriaux — um dos projetos contemplados pelo prêmio — que trabalha com crianças na Rocinha.

Os 85 agentes locais de cultura que receberam em março deste ano o Prêmio de Ações Locais da Prefeitura passarão agora por uma etapa de capacitação. Ao longo do mês de agosto, o Laboratório Cultural Carioca realizará palestras — abertas ao público — e consultorias individuais ministradas por especialistas da área.

Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, a ideia é ajudar os agentes com questões de ordem prática. Ao todo, serão quatro palestras, realizadas em cada sábado do mês em diferentes pontos da cidade, como a Penha, Méier, Santa Cruz e Centro.

A primeira palestra gratuita e aberta será ministrada amanhã (1º/8) pela consultora Eliane Costa e por Gabriela Agustini, professora de Cultura e Tecnologia na FGV-Rio e na Universidade Cândido Mendes. As duas são organizadoras do livro De baixo para cima, que reúne textos sobre a interseção entre cultura e tecnologia. Esse, é claro, será o tema da palestra homônima ao livro, na Arena Cultural Dicró, na Penha.

Eliane, que foi jurada do Prêmio de Ações Locais, contou ao Vozerio que a ideia é mostrar as oportunidades que as redes de tecnologias digitais podem trazer para vozes periféricas — a maior parte dos vencedores do prêmio. "Quando fui jurada do prêmio, ratifiquei a impressão que já tinha de que temos no Rio um celeiro de novas tecnologias sociais, ideias e metodologias de inovação cidadã", conta a consultora.

As outras palestras abordarão o planejamento de projetos culturais; as complexidades da cultura no Rio de Janeiro; e o colaborativismo — entre outras questões. Entre os palestrantes, estão Junior Perim, Luiz Antonio Simas e Adailton Medeiros. Veja aqui mais detalhes da programação.

As consultorias individuais serão ministradas por profissionais experientes da área, que estão sendo escolhidos pela secretaria por meio de um edital. Poderão participar desse processo tanto os 85 agentes contemplados pelo prêmio quanto os 15 suplentes.

Com o objetivo de dar mais visibilidade aos projetos culturais selecionados pelo edital, a Secretaria também está preparando vídeos sobre alguns dos ganhadores.

  • Compartilhe:

Mais Burburinho

Parque Madureira não tem data para chegar à avenida Brasil

Prometida por Eduardo Paes para o ano passado, obra depende agora do aval de Marcelo Crivella

CCBB é palco de protesto após episódio de lesbofobia

Visitante acusa namorado de funcionária de discriminação durante ida ao local na última sexta (30)

Que tal aterrar a Lagoa?

Livro reúne soluções mirabolantes já propostas para os problemas de um dos principais cartões-postais do Rio

Ouça as vozes do Rio

Preencha o formulário abaixo para assinar o boletim do VozeRio

Mais sobre cultura

Visitante acusa namorado de funcionária de discriminação durante ida ao local na última sexta (30)

Biblioteca Parque amanhece fechada no Centro

De acordo com Governo do Estado, fechamento é excepcional e prefeitura deve manter espaço aberto em 2017

’Sem cultura é barbárie’

Artistas e gestores pedem que o Governo do Estado não acabe com a Secretaria Estadual de Cultura, e de quebra criticam o município por falta de transparência em Fomento às Artes

Novo endereço para criar e empreender

Espaço de ’coworking’ Gomeia surge como centro de articulação entre grupos atuantes em cultura na Baixada Fluminense

Mais sobre Rio450

Visitas guiadas por bairros do Rio ensinam a valorizar a herança cultural e histórica da cidade

Pedalar no Rio: um esporte radical

Entre o desafio de galgar as montanhas e a agressividade dos motoristas cariocas, o sociólogo Ignacio Cano diz que ciclovias na cidade são “ficção”

Houve um dia um restaurante: minhas memórias do 28

O fim do restaurante carioca 28 deixou órfão um grupo de cariocas que lá se reunia todas as semanas. O historiador Antonio Edmilson homenageia o lugar como parte do patrimônio cultural e afetivo da cidade.

Rio de Encontros: retomada em novo espaço

O Rio de Encontros, ciclo de debates sobre o Rio de Janeiro, recomeça discussões sobre a cidade amanhã, no auditório da ESPM, no Centro
Realização:
Iets
Patrocínio:
Universeg
Apoio:
Biblioteca Parque Estadual Biblioteca Parque Estadual
 
Licença Creative Commons
Desenvolvido em SPIP pela Calepino