Burburinho

  • Compartilhe:
Burburinho 17 / 12 / 2015| Daniel Gullino

Site colaborativo mapeia atrações próximas a estações de trem

Quatro designers cariocas criaram um site colaborativo para mapear atrações a 15 minutos a pé das estações de trem na Região Metropolitana do Rio. O resultado pode ser visto também em exposição no Centro.

Pensar na linha do trem como um ponto de encontro, e não apenas de passagem: esta é a ideia da página "Dá pra ir de trem?", que propõe o mapeamento de lugares situados nas proximidades de estações ferroviárias e que merecem ser conhecidos.

O projeto foi lançado no início de dezembro por quatro amigas designers recém-formadas: Ana Luiza Guadalupe, Caroline Batista, Diana Dias e Julia Garcia.

No site, o usuário escolhe uma ou mais estações de trem da Região Metropolitana do Rio e marca o tipo de estabelecimento que quer conhecer (são sete categorias, incluindo beber, comer, dançar e ouvir música). Um mapa indica os locais disponíveis em uma distância de até 15 minutos a pé.

JPEG - 65.1 kb
Caroline, Julia, Diana e Ana Luiza na abertura da exposição, no Centro Carioca de Design

Os usuários também podem avaliar os estabelecimentos e cadastrar novos. Além disso, é possível divulgar eventos, desde que tenham uma periodicidade definida.


Leia também: Subúrbio: investigações de um território


A ideia surgiu há dois anos, quando as quatro amigas estavam fazendo um intercâmbio na Europa e se impressionaram com a facilidade para achar informações sobre lugares fora do circuito turístico. “Estávamos conhecendo cidades da Europa melhor do que conhecíamos nossa própria cidade”, explica Julia.

Elas voltaram ao Brasil com a ideia de fazer um projeto relacionado à mobilidade. Logo detectaram uma carência desse tipo de informação sobre o subúrbio. Depois, ganharam um edital do Centro Carioca de Design e começaram a desenvolver a ideia, que rendeu também uma exposição, em cartaz no local até 23 de janeiro.

O site já mapeou 40 lugares (incluindo em Nova Iguaçu, na Baixada), mas a proposta das designers é aumentar esse número a partir das contribuições dos usuários. O objetivo é mapear atividades culturais no entorno de todas as estações da Região Metropolitana do Rio.

O quarteto já está recebendo sugestões, que serão adicionadas aos poucos. No futuro, elas gostariam de imprimir mapas para afixar nas estações de trem, indicando atrações vizinhas.

Julia explica que a ajuda dos usuários é importante, já que elas nunca tiveram a pretensão de mapear toda a cidade. “Não comemos todas as comidas, não ouvimos todas as músicas”, destaca.

Além de incentivar uma maior circulação pela cidade, um dos objetivos do projeto é desconstruir estereótipos relacionados aos bairros da Zona Norte e Oeste. “É um espaço muito plural, muito heterogêneo. As pessoas esperam que em todos os lugares vá ter um boteco tipo pé sujo, com samba. Mas tem muito rock, muita cerveja artesanal”, afirma.

Como apenas uma das designers andava de trem com frequência (Caroline, que mora em Realengo), elas encararam a tarefa com olhar de descobrimento. “Fomos muito desarmadas, para ouvir, para aprender”, relata Julia.


Serviço

O quê: Exposição "Dá pra ir de trem?"
Onde: Centro Carioca de Design (Rua Luis de Camões, 57, Centro)
Quando: Segunda a sexta, das 10h às 19h; e sábado, das 10h às 17h

  • Compartilhe:

Mais Burburinho

Parque Madureira não tem data para chegar à avenida Brasil

Prometida por Eduardo Paes para o ano passado, obra depende agora do aval de Marcelo Crivella

CCBB é palco de protesto após episódio de lesbofobia

Visitante acusa namorado de funcionária de discriminação durante ida ao local na última sexta (30)

Que tal aterrar a Lagoa?

Livro reúne soluções mirabolantes já propostas para os problemas de um dos principais cartões-postais do Rio

Ouça as vozes do Rio

Preencha o formulário abaixo para assinar o boletim do VozeRio

Mais sobre cultura

Visitante acusa namorado de funcionária de discriminação durante ida ao local na última sexta (30)

Biblioteca Parque amanhece fechada no Centro

De acordo com Governo do Estado, fechamento é excepcional e prefeitura deve manter espaço aberto em 2017

’Sem cultura é barbárie’

Artistas e gestores pedem que o Governo do Estado não acabe com a Secretaria Estadual de Cultura, e de quebra criticam o município por falta de transparência em Fomento às Artes

Novo endereço para criar e empreender

Espaço de ’coworking’ Gomeia surge como centro de articulação entre grupos atuantes em cultura na Baixada Fluminense

Mais sobre Zona Norte

Prometida por Eduardo Paes para o ano passado, obra depende agora do aval de Marcelo Crivella

Conheça os projetos cariocas que participarão da Bienal de Veneza deste ano

Nove dos quinze projetos brasileiros selecionados para o Pavilhão do Brasil na Bienal de Veneza são do Rio; iniciativas selecionadas vão de Madureira a Ipanema

Fórum Rio discute a cidade pós-Olimpíadas este sábado na Pavuna

No evento, também será lançada a plataforma on-line AgendaRio.org, que servirá de repositório das ideias para melhorar a cidade e a região metropolitana

Mulheres de Caju e Manguinhos se reúnem para construir mapas afetivos da violência

Iniciativa da ONG Fase iniciada em 2014 realizou encontros semanais com moradoras das comunidades para mobilizar a população e gerar reflexão

Mais sobre transporte público

Nova lei divulgada nesta segunda (28) quase vetou operação do aplicativo no Rio

Mapa da juventude em movimento

Para Clarisse Linke, diretora do ITDP Brasil, transporte de alto custo e má qualidade é um fator de exclusão dos jovens nas cidades brasileiras

Estamos vivendo cada vez mais — isto é um problema?

O médico Alexandre Kalache, diretor do Centro Internacional da Longevidade (ILC-Brazil), diz que o Rio de Janeiro e o Brasil precisam se preparar para o envelhecimento da população

"Se a tarifa não baixar, o Rio vai parar": a tradição dos protestos contra o aumento de passagens

Rio de Janeiro tem histórico de manifestações contra o reajuste de preços no transporte público

Mais sobre subúrbio

No Méier, com os ativistas do Bike Anjo, repórter do Vozerio testa como é pedalar em ruas sem ciclovia. Bairro tem debate hoje sobre o tema

“A cadeira do barbeiro é um divã”

Diretor de A Batalha do Passinho, Emílio Domingos fala sobre Deixa na Régua, seu novo filme que aborda universo das barbearias cariocas

"Será que a pichação é apenas uma atitude irresponsável?"

Gustavo Coelho é professor da Uerj e estuda pichação, bate-bolas e outros fenômenos cariocas sob o olhar da estética

Vaz Lobo quer reprise do seu cinema

Em meio a recordações nostálgicas, moradores de Vaz Lobo, na Zona Norte, reclamam do abandono do edifício onde funcionava cinema do bairro, mas divergem sobre o destino do imóvel

Mais sobre design

Em 100 imagens, projeto de designer carioca busca sintetizar os símbolos do Rio de Janeiro — do futevôlei à Vila Mimosa

Mais sobre Região Metropolitana

Curso de idiomas ajuda refugiados a tentar um recomeço na região metropolitana do Rio

Novo projeto vai mapear subsolo da região metropolitana

Batizado de Geovias Metropolitano, trabalho iniciado nesta sexta (16) será coordenado pela Câmara Metropolitana

Estudo aponta centralidades emergentes na região metropolitana do Rio

Campo Grande e Taquara foram áreas citadas em pesquisa, apresentada nesta terça (06) em evento no Centro do Rio

Um diagnóstico sobre a região metropolitana do Rio

Evento nesta segunda (24) marcou a divulgação dos resultados da primeira fase do plano metropolitano
Realização:
Iets
Patrocínio:
Universeg
Apoio:
Biblioteca Parque Estadual Biblioteca Parque Estadual
 
Licença Creative Commons
Desenvolvido em SPIP pela Calepino