Burburinho

  • Compartilhe:
Burburinho 13 / 08 / 2015| Isabela Fraga

Fórum Rio vai discutir Leste Metropolitano em São Gonçalo: inscrições abertas

Casa Fluminense lançará Mapa da Participação e Mapa da Desigualdade no evento, que terá 11 mesas de discussão sobre a região metropolitana.

Os interessados em discutir os problemas da Região Metropolitana do Rio de Janeiro já podem se inscrever no 5º Fórum Rio, que desta vez será realizado em São Gonçalo, no dia 22 de agosto (sábado). O Leste Metropolitano é o tema central desta edição do evento, promovido pela Casa Fluminense com o objetivo de articular instituições e coletivos da metrópole.

Em relação à última edição, realizada em março em Senador Camará, fica claro que o Fórum Rio cresceu — e muito. Pela manhã, estão programadas onze mesas de debate — selecionadas a partir de 22 propostas —, seis a mais do que no evento anterior. O público esperado também é maior: 400 pessoas, pelo menos 150 a mais do que o público que compareceu a Senador Camará.

Durante o evento, a Casa Fluminense lançará o Mapa da Participação Social e o Mapa da Desigualdade, plataformas digitais que apresentam dados georreferenciados sobre a metrópole do Rio. O Mapa da Participação identifica e localiza 200 organizações da sociedade civil, coletivos, movimentos e redes; o Mapa da Desigualdade mostra a região com base em 21 indicadores. Os dois mapas serão disponibilizados no site ForumRio.org.

À tarde, como é praxe no Fórum, haverá a plenária Agenda Rio 2017, com apresentação dos encaminhamentos das mesas da parte da manhã e a discussão dos temas prioritários do documento. A Casa Fluminense está acordando a presença dos prefeitos de Niterói e São Gonçalo para responder às questões encaminhadas nas mesas da manhã.

"O Fórum Rio quer discutir o Leste Metropolitano a partir dos atores locais e articulá-los com pessoas de outros pontos da metrópole", sintetiza Henrique Silveira, coordenador executivo da Casa Fluminense. "Alguns temas surgiram mais fortes desta vez, como baía de Guanabara, transparência e controle social."

Embora estejam planejadas discussões inéditas — como a questão da infância e a situação dos pescadores —, alguns temas perduram: mobilidade urbana, segurança pública e juventude. Para Henrique, essa continuidade é importante, pois ajuda a desenvolver massa crítica sobre o tema. "Vamos criando acúmulo sobre essas questões", explica. "Na mesa sobre segurança pública, por exemplo, vamos ter pessoas da Baixada, que participaram do Fórum Rio de março e do curso de segurança pública que realizamos este ano em Nova Iguaçu."

Durante a plenária, será discutida a atualização da Agenda Rio 2017, que compila as pautas prioritárias da região metropolitana. "Vamos fazer um balanço de como anda a Câmara Metropolitana, a segurança na Baixada e identificar o que foi feito no âmbito da sociedade civil e do governo para analisar possíveis mudanças", conta Henrique.

Além dos debates e da plenária, estão planejadas diversas atividades culturais, como intervenções poéticas, música e outras manifestações. O responsável pela programação é Dudu de Morro Agudo, do Movimento Enraizados. Um dos grupos confirmados é a Rede Funk Social, que em julho ocupou uma escola desativada de São Gonçaloe a transformou em centro cultural.

Quem mora longe não precisa se preocupar: haverá vans gratuitas que sairão de diversos municípios, como Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Guapimirim, Itaboraí, Japeri e Rio de Janeiro (Zona Oeste e Glória).


serviço

Fórum Rio
Quando: sábado, 22 de agosto, das 9h às 17h
Onde: Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FFP/UERJ) - Rua Dr. Francisco Portelo, 1470, Paraíso, em frente à praça dos ex-combatentes.
Para se inscrever, clique aqui.

  • Compartilhe:

Mais Burburinho

Parque Madureira não tem data para chegar à avenida Brasil

Prometida por Eduardo Paes para o ano passado, obra depende agora do aval de Marcelo Crivella

CCBB é palco de protesto após episódio de lesbofobia

Visitante acusa namorado de funcionária de discriminação durante ida ao local na última sexta (30)

Que tal aterrar a Lagoa?

Livro reúne soluções mirabolantes já propostas para os problemas de um dos principais cartões-postais do Rio

Ouça as vozes do Rio

Preencha o formulário abaixo para assinar o boletim do VozeRio

Mais sobre participação

Grupo no Facebook promove ciência cidadã sobre fauna marinha no Rio

Conselho da Juventude convida jovens a pensar políticas públicas

Para Rafaela Marques, coordenadora do programa, o conselho preenche lacunas da participação da juventude no governo

"A crise pode aumentar o cuidado e o interesse pelo voto", afirma cientista político

Para o professor da UFRJ Jairo Nicolau, crise vivida pelo Brasil pode atrair mais atenção da juventude para a política eleitoral

Fórum Rio discute a cidade pós-Olimpíadas este sábado na Pavuna

No evento, também será lançada a plataforma on-line AgendaRio.org, que servirá de repositório das ideias para melhorar a cidade e a região metropolitana

Mais sobre cultura

Visitante acusa namorado de funcionária de discriminação durante ida ao local na última sexta (30)

Biblioteca Parque amanhece fechada no Centro

De acordo com Governo do Estado, fechamento é excepcional e prefeitura deve manter espaço aberto em 2017

’Sem cultura é barbárie’

Artistas e gestores pedem que o Governo do Estado não acabe com a Secretaria Estadual de Cultura, e de quebra criticam o município por falta de transparência em Fomento às Artes

Novo endereço para criar e empreender

Espaço de ’coworking’ Gomeia surge como centro de articulação entre grupos atuantes em cultura na Baixada Fluminense

Mais sobre política

Livro aborda transformações da Baixada Fluminense durante a ditadura

6 momentos do Rio em 2016

Testemunhas contam o que viram de um dos anos mais agitados dos últimos tempos

De mulher para mulher: ocupação feminista no Rio

Rede Agora Juntas encerra neste sábado (17), na Glória, experiência que debateu direitos das mulheres

Prefeito eleito de Caxias é condenado a 7 anos de prisão por crime ambiental

De acordo com STF, Washington Reis (PMDB) se envolveu na criação de um loteamento ilegal quando era prefeito da cidade

Mais sobre Leste Metropolitano

Batizado de Geovias Metropolitano, trabalho iniciado nesta sexta (16) será coordenado pela Câmara Metropolitana

Um diagnóstico sobre a região metropolitana do Rio

Evento nesta segunda (24) marcou a divulgação dos resultados da primeira fase do plano metropolitano

Conflito na Praia do Sossego: sentença autoriza demolição de casa a partir de 6/5

Famílias de pescadores ameaçadas de remoção da praia de Niterói torcem por acordo com a Prefeitura até sexta-feira

Em São Gonçalo, estrada divide Petrobras e prefeitura

Via construída pela empresa é acusada de agravar o problema dos alagamentos no Jardim Catarina

Mais sobre desenvolvimento social

Fazendas urbanas e reformas planejadas para favelas são algumas iniciativas que pretendem tornar mais equilibrado o crescimento das metrópoles brasileiras

Um Rio de azulejos na Maré

Painel formado por centenas de azulejos pintados por crianças da Maré será inaugurado na casa de moradora neste sábado (30/4); projeto pretende colorir ruas do bairro

"Precisamos mudar o CEP do emprego"

Como diminuir as desigualdades gritantes na Região Metropolitana do Rio? No OsteRio desta terça-feira (29/3), um caminho ficou claro: mais centros e oportunidades, menos distâncias e deslocamentos

Saudosas malocas

Urbanista Raquel Rolnik discute transformação da habitação, de política social em ativo financeiro, em novo livro lançado no Rio
Realização:
Iets
Patrocínio:
Universeg
Apoio:
Biblioteca Parque Estadual Biblioteca Parque Estadual
 
Licença Creative Commons
Desenvolvido em SPIP pela Calepino